Vasos Suspensos

Colar de Pérolas (Senecio rowleyanus)

Adoro plantas pendentes em vasos.
É uma ótima opção para quem não tem espaço mas não quer abrir mão de uma plantinha.
Mas muitas vezes não temos sucesso. A plantinha fica feia e ficamos triste. Achamos que não temos o dedo verde.
Não desanime, cada planta precisa do ambiente certo para se desenvolver bonita.

Plantas para Meia Sombra ou Sol Pleno

Mini Petúnia

A Petúnia (Petunia x hybrida, Petunia integrifolia) é uma ótima opção para quem gosta de flores. Ela tem diversas cores e tamanhos).
Mas é necessário regar quase todo dia no verão.
Ela é melhor cultivada como anual. Depois do período ela começa a perder a força. A Petúnia aprecia climas mais frios e amenos.
A Herinha (Hedera helix) é uma graciosa trepadeira quando não apoiada na parede, tem a forma de pendente.
É resistente e tem um crescimento rápido.
Uma grande experiência é cultivar Morangos (Fragaria vesca) em vasos suspensos.
O Morangueiro precisa de meia sombra ou sol pleno para crescer e produzir morangos.
Por se tratar de uma planta rasteira, ela se adapta muito bem em pequenos vasos.

Morango

Caso o seu espaço seja de meia sombra (sol só pela manhã ou sol apenas a tarde), Gerânio pendetes (Pelargonium peltatum) e Brinco de Princesa (Fuchsia hybrida) se desenvolvem muito bem.

Plantas de Sombra e Luz Difusa

Jibóia

A minha favorita é a Jibóia (Epipremnum pinnatum). Ela tem diversas tonalidades e se devenvolve rápido em locais de sombra. Com folhas largas e brilhantes ela rouba a cena.
Duas opções com flores: Planta Batom (Aeschynanthus radicans) e a Columéia Peixeinho (Nematanthus wettsteinii). Mas é importante ter bastante luz natural.
“Posso ter orquídeas, Gabi?” Lógico!
Orquídeas também ficam muito charmosas quando suspensas e adoram um pouco de sol pela manhã (umas 2 horas + ou -)
A Vanda (Vanda sp) fica linda com suas raízes expostas.
Ela tem um preço mais elevado, se comparado a outras orquídeas, mas é muito linda.
Você já encontra para vender em cachepots suspensos. Para regar, basta borrifar água em suas raízes.

Orquídea Vanda

Dicas de Cultivo
Quando comprar a plantinha é importante avaliar se ela tem alguma doença.
Observar as folhas e os galhos é fundamental para ter uma espécie saudável.
Toda a planta que fica mais exposta ao sol necessita de mais água do que aquelas que não estão expostas.
Se tiver dúvida na hora de regar, coloque o dedo no substrato e sinta se ele está seco ou úmido. Se estiver úmido, não é necessário regar.
Não esqueça de adubar sua plantinha com o produto indicado para a espécie.

Onde eu posso colocar meu vaso suspenso?

Vasos longe das cabeças.

O que levamos em consideração é se o lugar é de passagem, se alguém vai passar e bater a cabeça. O ideal é um local onde não atrapalhe a circulação.
Escolher um local protegido de rajadas de vento.
O vaso pode balançar e bater na parede, quebrar ou até machucar alguém. Além da planta sofrer com ventos fortes, podendo até morrer.
Normalmente os vasos tem furos para deixar a água escorrer e permitindo assim que não acumule água.
A solução mais popular é utilizar um pratinho ou um cachepot sem furo. Nesse caso a atenção é redobrada, porque a quantidade de água tem que ser exata para não acumular.
Caso não tenha nada que segure essa água, ela irá cair no chão. A opção é retirar suas plantinhas e regar em um tanque. Esperar a água escorrer para pendura-la.
Essas dicas de vasos suspensos foi imprensa na Revista Decorar Mais por Menos edição 78.
Ficou muito legal!

E você, tem alguma planta suspensa em casa? Quer ter?

Entre em contato:

Gabriela Trama

tel/whatsapp: 11 99650 3226 

contato@tramapaisagismo.com.br



 

Me sigam nas redes sociais:

unnamedface1pint1

Fotos e Texto: Gabriela Trama – jardineira paisagista

Comments are closed.